Sistema inteligente e contentores Lasso integram projeto Viseu Recicla

 

A Sopsa foi selecionada pela Câmara Municipal de Viseu para integrar um projeto pioneiro a nível nacional que tem como objetivo aumentar os índices de deposição seletiva de resíduos no concelho, com vista ao cumprimento das regras ditadas pelo Plano Estratégico para os Resíduos Urbanos (PERSU) 2020. Trata-se do projeto Viseu Recicla, no âmbito do qual estão a ser instalados contentores semienterrados Lasso com um sistema inteligente de controlo do acesso - um instrumento inovador e essencial para apoio à estratégia da autarquia no sentido de transformar Viseu numa smart city.

Para Pedro Martins da Costa, CEO da Sopsa, “Para além de incentivar a reciclagem, este sistema ao equipar os contentores semienterrados Lasso com tecnologia IoT (Internet-of-Things) permite otimizar a recolha de resíduos com a consequente redução de custos. Em França temos já várias autarquias a utilizar o sistema Redin para controlo de acesso em contentores de deposição coletiva, em Portugal este é o primeiro projeto nesta área que será o futuro na gestão de resíduos urbanos”.

No âmbito do projeto Viseu Recicla, a Sopsa vai instalar 174 contentores semienterrados Lasso para recolha seletiva (embalagens, papel e vidro), num total de 58 ilhas ecológicas na cidade de Viseu. A novidade e o pioneirismo deste projeto residem, por um lado, no sistema inteligente com tecnologia IoT e uma rede LoRaWan, que permite que os contentores forneçam um conjunto de dados que otimizam a tomada de decisões no âmbito da gestão de resíduos. Por outro lado, inovador é também o sistema de abertura condicionada dos contentores, cujo acesso é feito através de um cartão RFID, permitindo avaliar os hábitos de deposição seletiva de cada munícipe e de cada bairro ou freguesia.

Com base nesses dados, a autarquia irá criar um sistema de compensação que premeia os bairros que mais separam o lixo, colocando-os assim numa espécie de competição, com atribuição de pontos que darão benefícios.

O sistema inteligente Redin para controlo de acessos será também instalado em mais 240 contentores Lasso já existentes na cidade, aumentando assim para um total de 414 contentores onde será possível fazer a monitorização dos índices de reciclagem.

O projeto Viseu Recicla decorre no âmbito de uma candidatura mais abrangente da Associação de Municípios do Planalto Beirão, que integra também a instalação de contentores semienterrados Lasso nos municípios de Satão e Santa Comba Dão por parte da Sopsa.

Segundo Almeida Henriques, presidente da Câmara Municipal de Viseu, “com estes equipamentos damos um grande salto qualitativo na recolha seletiva de resíduos, aumentando a capacidade de recolha e sensibilizando para a alteração dos hábitos dos munícipes ao nível da deposição do lixo doméstico. Estão criadas as condições para que ninguém tenha desculpas para não fazer a separação dos resíduos”.