Wroclaw instala contentores Lasso para recolha seletiva

A cidade de Wroclaw, na Polónia, é mais um município internacional a confiar nas soluções inovadoras da Lasso para recolha seletiva de resíduos sólidos urbanos. Esta cidade polaca acaba de instalar ecopontos Lasso, com contentores enterrados Green Bee e contentores semienterrados Semi PE de grande capacidade, de forma a incentivar a separação do lixo por parte dos cidadãos e otimizar a sua gestão de resíduos urbanos.

“É com grande satisfação que contamos com um novo mercado no portfolio da Lasso, designadamente a Polónia, um país que está neste momento a reorganizar toda sua política de gestão de resíduos. A confiança nos nossos produtos representa o reconhecimento do investimento que temos vindo a fazer ao longo dos anos ao nível da inovação, qualidade, design, robustez e segurança”, refere João Paulo Archer, diretor comercial da Sopsa para o mercado internacional.

A instalação dos ecopontos na cidade polaca de Wroclaw vem na sequência da parceria com um distribuidor local, a empresa polaca Innova Good, e abrange igualmente a comercialização dos inovadores sistemas inteligentes que permitem a tarifação PAYT (Pay-As-You-Throw).

A Polónia representa mais um marco importante na estratégia de internacionalização que a Sopsa tem vindo a seguir nos últimos sete anos. Tendo começado a exportar em 2012 para países como a França e o Canadá, atualmente a estratégia da Sopsa aposta forte no mercado internacional que representa já cerca de 25% do seu volume de negócios.

Como resultado do seu projecto de internacionalização a Sopsa tem em curso a entrada em novos mercados, quer na Europa, em países como a Dinamarca e a Holanda, quer na América Latina e no norte de África. 

Ao abrigo da parceria com a Innova Good, a Sopsa participou, em outubro, na Pol-Eco System, o maior e mais importante evento do setor das tecnologias, soluções e produtos para o desenvolvimento sustentável na Polónia e Europa Central e Oriental. O nível de design, inovação e funcionalidade fez com que os produtos Lasso fossem dos mais notados, tendo o stand recebido centenas de visitantes, entre os quais o ministro-adjunto do Ambiente, Slawomir Mazurek.